Este bichinho feio habita no seu corpo e você nem imagina onde

PUBLICIDADE

Se surpreenda ao saber onde esse bicho feio vive.

PUBLICIDADE



 PUBLICIDADE

Você já viu esse bichinho feio por aí? Com certeza não! Embora não possamos vê-lo a olho nu, existem milhões desses bixinhos feios e esquisitos que podem serem visto com microscópio transitando em várias partes de nosso corpo, principalmente no nosso rosto, em locais com pelo como os cílios e sobrancelhas.

Por um lado é até bom que a gente não consiga enxerga-los não é mesmo? pense se você pudesse ficar olhando esses parasitas nos cílios de seus olhos por exemplo, seria no mínimo assustador.

PUBLICIDADE

O Demodex folliculorum, fica escondido nas raízes e nos poros dos pelos da face humana, e por ser bastante minúsculo, medindo apenas 0,4 mm, se torna imperceptível.

Além dos pelos do rosto, o demodex pode sobreviver no peitoral, pés e orelhas dos seres humanos, e a medida que o corpo envelhece a colonização tende a aumentar.

PUBLICIDADE

Sintomas

Os sinais e sintomas que podem indicar que você esteja sendo vítima de uma infestação desse parasita, é vermelhidão, cócegas e comichão nos olhos, visão turva e sensação que tem algo rastejando em determinadas partes de seu corpo. Na dúvida procure um dermatologista ou um oftalmologista de sua confiança.

Se o seu problemas for a presença desses ácaros, os profissionais acima citados com certeza irão detectar examinando as partes prováveis com o auxílio de um microscópio.

PUBLICIDADE

Para evitar que esses bichinhos feios se apoderem de sua pele, basta não descuidar na higiene, a região dos olhos por exemplo, devem ser lavadas com sabão neutro apropriado para essa região mais sensível.
PUBLICIDADE

Fique atento, pois na última segunda-feira, dia 20 de julho, o Brasil bateu o record de 80 mil mortes pela covid-19, nos dando alerta de que o vírus continua ativo e os casos de infecção aumentando, não brinque com coisa séria e se proteja sempre, cuidando das pessoas que moram junto com você. Juntos poderemos vencer esse mal.
PUBLICIDADE
fonte: souenfermagem.com.br e seguindonews.com.br

Comentários