Mulheres de um condomínio assinam abaixo assinado para que moradora não use mais shortinho no prédio


Um documento assinado por autodenominado 'conselho de mulheres decentes' alegou que as roupas usadas por uma jovem mulher estavam chamando a atenção indevida de seus maridos e constrangendo casais.

Após receber um documento no qual as mulheres do prédio em que Najhara Noronha, de 36 anos, exigem que ela passe a usar roupas menos chamativas Najhara acionou advogado para e exigiu uma reparação síndico sobre assunto.
Foi por meio de um e-mail que a técnica de laboratório Najhara, recebeu o comunicado do "Conselho de mulheres Decentes" no qual elas alegaram que.

Segundo ela, se tornou a responsável por muitas brigas entre os casais de seu predio.
Suas vizinhas exigiram que ela não use mais roupas de academia no prédio, segundo elas os   "shortinhos" usados por Najhara tem tirado a concentração de seus maridos.

O caso ocorreu em Brasília e chamou a atenção dos internautas após a moradora do prédio postar o e-mail em uma rede social juntamente com uma self usando a roupa que virou o motivo de tanta polêmica.
Najhara conta que logo após ter recebido o e-mail procurou dois funcionários do prédio, mas no entanto ele não soube informar de onde saiu a mensagem, e sabia que  existia um Conselho de Mulheres no prédio.

Najhara diz que, então, acionou um advogado "para analisar o caso", e o síndico – que, segundo ela, até a manhã desta quinta-feira (18) não havia respondido.

Segundo o advogado da mulher o caso pode parar nos tribunais e o condomínio pode até mesmo ter que pagar uma indenização à Najhara por danos morais. A moradora disse vai continuar usando suas roupas pois não tem nenhum problema nas roupas que usa para ir à academia e se exercitar, linda disse que nunca houve nenhuma piadinha sem graça de nenhum dos homens que moram no prédio, segundo ela só quem se sente incomodada só as mulheres.

Comentários