Bebê faleceu após batismo de forma trágica; padre pode ser acusado


Bebê faleceu após batismo em Igreja Ortodoxa, ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

 O batismo é um rito católico presente em quase todo o mundo.  De lugar para lugar, o sacramento acontece de maneiras diferentes. O Bebê que faleceu após batismo mostra que alguns métodos podem ser perigosos.

Na Igreja Católica da Romênia a criança recebe o batismo sendo submersa três vezes na água benta. 



Mas durante um dos batismos, uma criança acabou vindo à óbito logo depois de ter sido submersa na água benta. 

O fato ocorreu na Igreja Ortodoxa da Romênia e causou uma enorme repercussão. 

De acordo com o jornal britânico The Guardian, submeteram a criança, que não teve a identidade revelada, ao batismo tradicional. 

No entanto, depois do rito teve que levar o bebê às pressas até uma unidade de saúde local. Mas infelizmente foi declarado morto algumas horas depois.

O caso ocorreu no dia 1 deste mês de fevereiro. 

Além disso, a criança veio a óbito depois de sofrer uma parada cardíaca, segundo informações do The Guardian.

Com um exame feito na criança e a autópsia indicaram ter a presença de líquido no pulmão do bebê.

Dessa forma, o padre que realizou o rito agora está sendo acusado de homicídio.

Não é o único caso

Além disso, o público está pressionando o templo para que mudem o método de fazer o batismo para que não haja mais casos de fatalidades com crianças.

Visto que episódios como esse já ocorreram antes na Romênia.  

A população ainda criou uma petição que já tem 56 mil assinaturas para modificar o modo de realizar o rito. 

Ademais, Vasile Banescu, porta-voz da Igreja Ortodoxa, disse que os padres poderiam derramar água na testa do bebê em vez de submergir a criança para evitar fatalidades.

No entanto, o arcebispo Teodosie, líder da ala tradicionalista da Igreja, afirmou que o rito não vai mudar.

fonte: https://spotmedia.net/bebe-faleceu-apos-batismo-de-forma-tragica-padre-pode-ser-acusado/3/?

Comentários